Minha história é um pouco diferente. Eu comecei a frequentar a Fala Mulher através de uma amiga, por conta das oficinas. Nesse meio tempo, eu comecei a sofrer uma violência psicológica pelo meu marido também. Aí eu fui percebendo, começou mansinho, mas depois ele começou a gritar. E eu sofro constantemente com a gritaria. Ele sofre com alguns problemas mentais que ele adquiriu num acidente de carro, e é muito difícil pra mim porque eu tenho que cuidar de duas crianças pequenas, um casal de gêmeos, dele que tá doente, e do meu pai que tem 83 anos.

 

Aqui na ONG é uma válvula de escape, onde eu posso socializar um pouco e não fico naquele marasmo em casa, presa na mesma rotina. Eu também to fora do mercado de trabalho por conta dos meus filhos gêmeos. A empresa que eu trabalhava é do meu irmão, e por conta da crise, houve um corte de funcionários e eu fui mandada embora, e ele foi trabalhar em outra empresa. Eu corro atrás, um dia após o outro, até porque eu tenho dois filhos pra sustentar, e agora que ele conseguiu benefício pra me ajudar um pouco. Mas eu tenho síndrome do pânico e depressão, e isso dificulta a convivência. Porque se eu escuto um grito, é um gatilho pra uma das minhas crises. E aqui é um refúgio, um lugar que eu consigo me distrair.

 

Estou com a Utopiar faz um ano e meio já, e me faz muito bem. Sempre conto os dias pra vir aqui e encontrar as pessoas, já tive muitas histórias felizes e também chorei muito aqui. 

 

Se eu pudesse dizer algo às mulheres que também sofrem com a violência psicológica, seria para elas ficarem atentas ao comportamento de seus companheiros, e que as vezes não é só uma humilhação, as vezes é uma tortura psicológica e que deve ser tratada, até porque essa tortura pode te levar à um quadro de depressão e síndrome do pânico. E que elas procurem ajuda, porque a vida tá aí pra gente viver e temos que aproveitar estes momentos. 

Como plantar as sementes?

 

1. Plante as sementes no começo da primavera.


O solo tem que estar úmido (e não encharcado) para que o crescimento do cravo seja o melhor possível.

 

2. Coloque as sementes espaçadas a 30 cm uma da outra.


Cubra-as com 6 mm de terra e amasse o solo com firmeza.

 

3. Regue as sementes de vez em quando para mantê-la úmida.

Elas deverão germinar em duas ou três semanas.

 

Fonte: WikiHow

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *