A violência contra as mulheres é um problema no mundo todo e tem sido cada vez mais endereçado por diversos grupos governamentais e da sociedade civil. Dentre tantas propostas que têm surgido e repercutido, podemos destacar os 16 Dias de Ativismo, que começaram em 1991, quando mulheres de diferentes países, reunidas pelo Centro de Liderança Global de Mulheres (CWGL), iniciaram uma campanha com o objetivo de debater e denunciar as várias formas de violência contra as mulheres no mundo.

Desde então, essa campanha vem crescendo e já acontece em aproximadamente 150 países, incluindo o Brasil, que a promove desde 2003.

Aqui no Brasil ela começa em 20 de novembro (Dia da Consciência Negra) e termina em 10 de dezembro (Dia Internacional dos Direitos Humanos). Ao longo deste período, temos mais uma data de grande importância: 25 de novembro, o Dia Internacional da Não-Violência Contra a Mulher, declarada pela ONU em homenagem às irmãs Pátria, Minerva e Maria Teresa, que se posicionaram contrárias ao ditador Trujillo, e foram assassinadas em 1960, na República Dominicana.

Nós, da utopiar, somos voluntárias do Comitê Maria Bonita, do Grupo Mulheres do Brasil e, junto a um time de mulheres incríveis que lutam pelo fim da violência contra a mulher, estamos organizando uma caminhada no dia 25 de novembro, domingo, para demonstrar a importância e urgência que o assunto requer.

Em São Paulo, a caminhada sairá da Unibes Cultural (vizinha ao metrô Sumaré) às 10h e seguirá para a Av. Paulista. O trajeto é simples e curto e ficaremos muito felizes em contar com o apoio de vocês e de seus amigos e familiares. Todos são bem-vindos: mulheres, homens, crianças…afinal, essa luta é de todos nós!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *