A gente jurou amor eterno por uma pessoa que não soube valorizar, que não soube cuidar.

 

Minha família nunca foi por mim. Sempre fui eu por mim, e ele, e minha filha. Então quando eu passei por tudo isso, eu me vi muito perdida, sabe? Muito perdida. Eu pensei em me jogar em drogas, ficar louca. Só que toda vez que eu olhava pro lado e via minha filha dormindo, eu sempre falava “por que que eu vou fazer isso? Ela depende de mim… pra tudo”. É uma coisa que me motivou muito, a procurar a me tratar, porque eu tava muito mal e nao queria mostrar isso pra ela, só que não tinha como porque tava estampado. 

 

Até que um certo dia que tava andando na rua e alguém veio e me disse ‘ você é muita amada. E você vai conseguir” e me chamou de linda no dia em que eu estava mais feia. E eu não preciso dizer de novo pra vocês que é complicado a gente confiar nas pessoas. Até em mulheres, porque eu era uma pessoa que julgava muito quando acontecia algo assim na vida delas, e passar por isso, ver o quanto é difícil, porque entrar a gente consegue, mas quem viveu sabe o quanto que é difícil sair. Porque a gente coloca mesmo uma venda no olho e esquece de se amar. E hoje eu me amo muito. Mas hoje eu não sou mais aquela pessoa que tem um coração puro. Hoje em dia tudo que eu olho, eu vejo maldade. E quando eu vejo alguém passando por isso, sempre falo “gente, vocês conseguem” e elas “Não, eu não consigo”, mas eu insisto que elas conseguem, porque eu consegui.

 

Eu tenho amigas que apanham o tempo todo, eu era só de vez em quando, ou quando a gente brigava, e eu consegui sair dessa relação porque minha irmã me levou forçada até a delegacia, senão eu não ia, não queria denunciar ele. Só que eu não aguentava mais. Eu olhava pro meu corpo e via marcas. Olhava pra um lado e via marcas, olhava pro outro e via marcas. Tenho até hoje no meu celular fotos do meu corpo, vídeos, de tudo. Minha família nunca foi por mim. Sempre fui eu por mim, e ele, e minha filha. Então quando eu passei por tudo isso, eu me vi muito perdida, sabe? Muito perdida. Eu pensei em me jogar em drogas, ficar louca. Só que toda vez que eu olhava pro lado e via minha filha dormindo, eu sempre falava “por que que eu vou fazer isso? Ela depende de mim… pra tudo”. É uma coisa que me motivou muito, a procurar a me tratar, porque eu tava muito mal e nao queria mostrar isso pra ela, só que não tinha como porque tava estampado. 

 

Hoje em dia eu olho pra trás, vejo tudo que aconteceu na minha vida e falo: “caraca, eu consegui!” Nossa, é muito legal isso. Passa todo um filme na minha cabeça de tudo que eu vivi e eu choro, às vezes de felicidade, porque eu consegui sair viva dessa, eu tive essa sorte. Quando eu precisei, ninguém estava por mim. Mas graças as meninas que eu conheci aqui, minha vida mudou pra melhor. É muita história, é muita risada e muita motivação, sabe? E é maravilhoso porque a gente pensa que nunca mais vai encontrar pessoas que se importem com você.

Como plantar as sementes

1. Plante as sementes de 6 a 12 semanas antes do tempo esquentar.

Elas podem demorar para germinar, e devem ser plantadas bem mais cedo dentro de casa, de modo que tenham tempo o bastante para crescerem e se tornarem plantas maduras durante a estação de crescimento.

 

2. Passe as sementes por um processo chamado de “estratificação a frio”.

Nele, as sementes devem ser colocadas num saco plástico cheio de solo úmido. Use um solo comercial formulado especialmente para sementes. Coloque o saco plástico com o solo e as sementes dentro da geladeira e deixe ficar lá por 3 semanas.

 

3. Encha um recipiente com um mix para sementes.

Ele deverá ser uma mistura leve com boa drenagem. Você pode usar uma bandeja plástica para brotos ou um recipiente raso sem divisões.

 

4. Plante as sementes.

Salpique as sementes sobre o solo.
  • Se for usar uma bandeja plástica, plante uma semente por espaço.
  • Se utilizar um recipiente sem divisões, espace as sementes entre 1,2 e 2,5 cm.

 

5.Cubra as sementes com 3 mm de mistura para vasos.

Uma camada leve da mistura vai protegê-las, mas elas também precisarão da luz do sol para germinarem.

 

6.Deixe as sementes num local quente.

Uma bandeja de calor costuma funcionar melhor, mas outro local pode servir desde que a temperatura fique em torno de 21 graus Celsius.

 

7. Regue as sementes de leve.

Mantenha o meio úmido, mas não encharcado, e regue as sementes de manhã para que o solo possa secar um pouco antes da noite chegar. O solo muito úmido e frio convidará os fungos a crescerem, e eles destruirão as sementes.

 

8.Espere.

As sementes de lavanda podem levar de 2 semanas a 1 mês para brotar.

 

9. Dê bastante luz às sementes germinadas.

Depois que elas germinarem, você deverá mover o recipiente para um local que receba luz solar direta. Se não houver um lugar assim disponível, coloque uma luz de crescimento vegetal fluorescente sobre os brotos e deixe que eles fiquem sob ela 8 horas por dia.

 

Fonte: WikiHow

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *